Vamos proporcionar grandes conquistas para Mandaguari em 2012, afirma presidente da Câmara

23/02/2012 22:43

Embora a Câmara de Mandaguari já venha se reunindo em caráter extraordinário desde o começo de janeiro, o período legislativo de 2012 começará oficialmente na próxima segunda-feira, dia 27, quando acontecerá a primeira sessão ordinária do ano. Segundo o presidente da Casa, vereador Alécio Bento da Silva Filho (PR), na pauta de abertura dos trabalhos deve constar pelo menos 20 projetos que serão despachados para análise das Comissões Permanentes antes de serem levados para votação em plenário.

Reunido com assessores na tarde de quinta-feira, dia 23, o presidente afirmou que o trabalho da Câmara neste último ano da atual legislatura trará grandes benefícios para a população. Além da aprovação dos projetos e das inúmeras reivindicações apresentadas pelos vereadores, Alécio explicou que toda a sobra de recursos do Legislativo será revertida em obras, equipamentos e melhorias em diversos setores da administração municipal. Ele lembrou que 2009, primeiro ano dessa legislatura, o trabalho esteve focado na reorganização administrativa e no resgate da imagem da Câmara. “Ainda assim, tivemos sobra de recursos que nos permitiram começar a construir nossa sede própria”, frisou. No ano seguinte, 2010, a Câmara terminou a construção, que em 2011 foi totalmente mobiliada e equipada. “Mesmo fazendo esses investimentos, ainda sobrou recursos que nos possibilitaram renovar a frota de veículos da Câmara com um carro e uma moto, comprar uma ambulância e um aparelho de raio-x para  a Secretaria de Saúde e contratar um neuropediatra para atender alunos da rede municipal de ensino”, observou.

Com a Câmara reestruturada do ponto de vista físico e administrativo, Alécio afirmou manterá a racionalização dos gastos de modo que sobre recursos para investir em outras áreas do município. A expectativa do presidente é de que até dezembro essa economia chegue a R$ 800 mil.

A primeira obra que deve ser feita com recursos economizados pela Câmara, cujo projeto começará tramitar na próxima semana, é a de pista de skate, reivindicada pelos jovens da cidade há mais de 20 anos. A obra vai custar cerca de cem mil reais e será feita no pátio da antiga estação ferroviária. Ele também cita o monumento na rotatória do PAM, a continuação da avenida perimetral e a ligação da avenida Pe. Max Kauffmann com o Jardim Morumbi, entre outras.

 

Eleição não afetará o andamento dos trabalhos

Na opinião do presidente da Câmara, a disputa das eleições municipais, marcadas para outubro, não deverão interferir no andamento dos trabalhos da Câmara. Segundo Alécio, embora existam divergências entre os vereadores, nesses três anos ficou provado que as questões pessoais, ideológicas e políticas não atrapalham a aprovação dos projetos que trazem benefícios para a população. “Os atuais vereadores são bastante coerentes em seus posicionamentos e jamais colocaram os próprios interesses acima do interesse coletivo na hora de votar os projetos. Por isso, mesmo sendo um ano eleitoral, vejo que não teremos dificuldades para trabalhar unidos em benefício da população”, afirmou.