Professor é espancado e enterrado vivo por namorado

14/02/2012 00:02
Dois homens foram presos por espancar e enterrar vivo um professor de 50 anos no município de Altamira, no Pará. Segundo a Polícia Civil, que divulgou a informação nesta segunda-feira, 13, um dos agressores mantinha um relacionamento amoroso com a vítima.

Jefferson Gomes Mello, de 21 anos, e Thaisson Santos de Souza, de 23, roubaram o carro, dinheiro, cartões de crédito e outros objetos de valor de Anízio de Araújo Uchôa Filho, na noite de quinta-feira, 9.

Os dois foram até a casa do professor, que foi ameaçado com uma faca por um dos agressores. Em seguida, o outro suspeito imobilizou a vítima. Os dois amordaçaram o professor com uma fita engomada e amarraram as mãos e os pés dele. Depois, eles saquearam a casa: pegaram cartões de crédito, um notebook, um telefone celular, um aparelho MP4 e R$ 1.150 em dinheiro. Em seguida, a dupla carregou a vítima desmaiada até o carro, juntamente com os objetos roubados.

Anízio foi levado para uma área de mata na Rodovia Transamazônica, onde foi espancado. O professor foi jogado em uma vala e encoberto por terra e folhas. A vítima sobreviveu aos espancamentos e conseguiu pedir ajuda na rodovia e denunciar o caso a polícia. No dia seguinte ao crime, a dupla foi presa. Os dois confessaram o crime em depoimento, segundo a polícia.

O professor permanece internado no Hospital Regional de Altamira. Ele teve fraturas no maxilar e em um dos braços, além de vários ferimentos pelo corpo.