Jovem morta em acidente não estava grávida - A confirmação foi feita pelo IML de Cascavel..

14/10/2011 19:45

O Instituto Médico Legal de Cascavel confirmou nesta tarde (14), que a jovem que morreu em um acidente na BR 369 na tarde de quinta-feira (13), não estava grávida como foi dito pelas equipes que trabalharam no socorro às vítimas no local da batida.

Segundo informações, Karine Ricci, 21 anos, havia ganhado o bebê há dois meses. O corpo dela e do outro jovem, morto no acidente, Wesley Rafael Monteiro, 24 anos, foram liberados aos familiares nesta sexta-feira(14)

comentários

Nao consigo acreditar no que aconteceu, conheço o Rafael a muitos anos, era nosso cliente aqui no Paraguay, pessoa incrivel...Deus conforte essa familia e as proteja...

Miriam   14/10/11 14:46

É uma fatalidade mais jovens que perdem sus vidas na estrada, nao devemos cukpar ninguem foi uma fataliade, devemos reazr e pedir pelas familias que com certeza estão sofrendo muito.

marcia cristina   14/10/11 13:11

Deus do céu, tenho pena dessa motorista que causou o acidente. Dirigir não é simplismente tirar habilitação e se aventurar por ai. É preciso além de cautela,também bom senso, pois é evidente que o local não seguro pra uma ultrapassagem. Culpar concessionária, governo, ou qualquer outro órgão público, exime a culpa do condutor. A verbo dirigir, já por si só diz o que significa. Portanto, o comentáriodo Jaso é absolutamente pertinente e correto. CONSCIÊNCIA, pois ninguém trará de volta a vida dessas três pessoas, justamente por alguém com pressa e certamente sem experiência ao volante...Que Deus conforte as famílias, e proteja os feridos...

Vera Prado   14/10/11 10:38

Posso dizer que fico muito triste quando acontece tragedia desta natureza, o pedagio realmente poderia ser mais em conta para os usuarios, mas o que seria de nos sem a conservaçao das rodovias. Acho que precisa mesmo e mais concientizaçao dos condutores respeitar os limites de velocidade principalmente em dias chuvoso. Jaso 13/10/2011

Jaso Silva Leite   13/10/11 21:39

Sou motorista (funcionário público) e conheço muito bem esse trecho. Notem o tamanho do estrago em ambos os carros... Alguém estava desenvolvendo velocidade incompatível para uma pista molhada... A estrada é ótima. Por favor, em pista molhada, não passem de 80Km/h.

Fernando Pires   13/10/11 19:22

até quando vamos presenciar essas tragédias,familias sendo ceifadas nessas rodovias, onde estao os nossos deputados na hora de pedir voto é muito facil mais na hora de fazer alguma coisa para o populaçao nem aparecem isso é uma vergonha gente, entao q parem de cobrar pedagio c nao vao duplicar as rodovias. fica aqui os meus pesames a familia.

jucelia   13/10/11 18:55