Brasil nega visto à mestre do bonsai e encontro nacional é cancelado

20/03/2012 09:36

Os organizadores do Encontro Nacional do Bonsai cancelaram a realização do evento após o consulado brasileiro no Japão negar o visto de entrada ao mestre bonsaísta Kunio Kobayashi. O encontro estava marcado para os dias 07 e 08 de abril no Bonsai Center Romagnole, em Mandaguari (PR).

Kunio Kobayashi é considerado uma das principais referências mundiais da arte do bonsai na atualidade. Ele também é fundador e proprietário do maior museu de bonsai do mundo, que está localizado em Tókio. Esta seria sua primeira visita ao Brasil e sua presença era aguardada com grande expectativa pelos organizadores e praticantes do Bonsai do Brasil e de países da América do Sul que todos os anos participam do encontro em Mandaguari.

O encontro nacional promovido pelo Bonsai Center Romagnole é um dos maiores e mais tradicionais eventos do gênero no Brasil e em 2012 chegaria a sua 12ª edição. Em nota divulgada na última sexta-feira, dia 16, Ilza Romagnole Rocha, que trabalhava na organização do encontro, lamentou a atitude do consulado. “Tentamos de várias maneiras conseguir o visto para o mestre, mas infelizmente não foi possível. Diante da negativa não tivemos outra alternativa a não ser cancelar o evento, já que a presença dele seria o principal destaque do encontro”, justificou.