30 de Janeiro: Dia da Não Violência

25/01/2012 12:23

A violência é um problema de todos, um problema social e de saúde pública que afeta mulheres, idosos, crianças, raça e opção sexual

Uma significativa parcela da população vive em situação de violência de gênero, aquela praticada por alguém que supõe possuir maior parcela de poder numa relação. Em 80% dos casos das vítimas são as mulheres, independente de idade, cor, raça ou condição socioeconômica. E mais: é uma violação dos Direitos Humanos e liberdades fundamentais. Por isso a violência não pode ser ignorada ou disfarçada. Precisa ser denunciada por toda sociedade. A violência pode ser: física, psicológica, sexual, patrimonial e moral. Sendo assim a Secretaria Municipal de Saúde orienta a população que procure as Unidades Básicas de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência ou a equipe do Setor de Epidemiologia Enfermeira: Ligiane Cristina e Técnica Enfermagem: Gisele Cristina para ajudar/orientar como solucionar esse problema. Importante: Todo atendimento realizado pelos profissionais de saúde são extremamente sigiloso.

Para refletir:A violência seja qual for a maneira como ela se manifesta é sempre uma derrota”. (Jean Paul – Sartre)